quarta-feira, 25 de maio de 2011

CADASTRO DE DOADORES DE MEDULA ÓSSEA

Dia 24 de maio, das 9h às 16h a AAPECAN (Assoc. de Apoio a Pessoas com Câncer) e o HEMOPEL (Hemocentro regional de Pelotas) realizaram na praça da estação, o cadastro de doadores voluntários de medula óssea. 
A NOSSA RÁDIO esteve presente e conferiu que nem mesmo o mal tempo afastou os doadores, pois 160 coletas foram feitas.


 Para ser doador de medula óssea deve-se ter de 18 a 55 anos e ter boa saúde.
É feito cadastro com todos os dados do doador e a coleta de 5ml de sangue para análise e após, os dados são enviados ao REDOME (Registro Nacional de Doadores de Medula Óssea), no Inca (Instituto Nacional do Câncer) na cidade do Rio de Janeiro onde são cruzados diariamente as informações de doadores e pessoas que necessitam da doação de medula, esclarece Eloiza Silva, responsável pela captação de doadores.



A AAPECAN faz o trabalho de suporte a pacientes com câncer que possuam baixo poder aquisitivo. São feitas doações de cestas básicas, fraldas, leite, além de assistência psicológica, jurídica e aulas de ioga, 
cita a assistente social, Márcia Inês Xavier dos Santos. 
 Possui também a Casa de apoio em Pelotas, onde são acolhidos os pacientes que fazem tratamento fora de domicílio, oferecendo-lhes banho, alimentação e um
lugar onde possam descansar.
A entidade não tem fins lucrativos e vive de doações, atendendo as cidades de Bagé, Candiota, Hulha Negra, Aceguá e Dom Pedrito. 


Os interessados em colaborar com a AAPECAN podem entrar em contato 
pelo telefone 53 3241 9929 ou pelo email: aapecanbage@hotmail.com. 

Um comentário:

  1. Você sabia que para fazer parte do cadastro de doador de medula óssea
    é rápido e não dói? Saiba o que fazer para se tornar um doador e
    salvar uma vida!
    Para mais Informações: comunicacao@saude.gov.br ou
    http://www.formspring.me/minsaude

    ResponderExcluir